epi_0001

Luvas e botas são parte importante nos EPI’s (Equipamentos de proteção individual). Exitem vários tipos e cada um com uma função e situação em que pode ser aplicada. Tudo isso para que a segurança do operário esteja garantida. Aprenda quais são os tipos de luvas e de botas e qual a função de cada uma.

Luva de raspa – As luvas de raspa são luvas feitas de um material mais grosso, são indicadas para realizar serviços que envolve elementos cortantes ou perfurantes. Como transporte de blocos de concreto.

Luva de lã pigmentada – São luvas de lã com um sistema eficiente ante derrapante na palma das luvas. Essas luvas são mais indicadas para serviços que exijam um contato maior com o material. Serviços com materiais desgastantes é aconselhável o uso desta luva.

Luva de kevlar – Luvas de kevlar são extremamente resistente a cortes, são do mesmo material que é usado para confecção de coletes a prova de balas. Empresas de mineração geralmente pedem que seus funcionários usem essas luvas.

Luva de vaqueta Luvas que tem um graus de isolamento maior. São indicadas para trabalhos que envolvam energia elétrica.

Luva de látex – Luvas de borracha que são aconselhadas para serviços que envolvam cimento, cimento branco ou qualquer produto que tenha em sua composição algum elemento químico corrosivo.

Perneira – Tem a função de evitar a picada de animais quando o trabalho é realizado nas matas, evita também acidentes com ferramentas pesadas como enxadas, picaretas e pás.

Bota de segurança – Ajuda na proteção de queda de ferramentas, matérias cortantes e perfurantes e de picadas de animais.

Bota de PVC – Ajuda a proteger os pés do operário em dias de chuva ou em serviços que envolvam lavagem.
A segurança dos profissionais é muito importante. Uma empresa que se preocupa com seus funcionários está se preocupando com seu futuro. Esses elementos ajudam na segurança e na boa capacidade de trabalho dos operários.


Fechar