Lista de EPI para trabalho em altura

Como higienizar os capacetes de segurança?

Antes de apresentar quais são os equipamentos de EPI para trabalho em altura, é importante dizer o que é esta sigla.

EPI é o mesmo que dizer equipamento de proteção individual. Ou seja, todos os equipamentos que um trabalhador utiliza com o objetivo de diminuir os riscos ocupacionais.

Estes riscos podem ser causados por inúmeros fatores: físicos, químicos, biológicos, ambientais e ergonômicos. O risco estará relacionado ao tipo de trabalho exercido.

O EPI para trabalho em altura acaba com qualquer chance de acidentes?

Pessoas que atuam em lugares altos, por exemplo os eletricistas de poste, tem o risco físico. Isto quer dizer que podem cair, ter um choque ou qualquer outro risco se não utilizarem o EPI para trabalho em altura.
Entretanto, é bom frisar que os equipamentos de EPI não evitam os acidentes. Mesmo utilizando os equipamentos adequados, a pessoa pode sofrer com os riscos de acidente.

Na verdade, o EPI para trabalho em alturas são utilizados para diminuir os riscos e garantir maior proteção ao trabalhador. Mas, infelizmente essa proteção não será total e nem permanente. Quais são os principais equipamento de proteção individual para trabalhos em altura?

Existem alguns equipamentos que podem ser utilizados. Hoje vamos falar dos EPI para quem trabalha em lugares altos. Veja nossa lista sobre os equipamentos!

Como higienizar os capacetes de segurança?
Como higienizar os capacetes de segurança?

EPI para trabalhos em altura – Capacete de Segurança:

O primeiro item que faremos menção é o capacete. Ele é um item fundamental para quem realiza trabalhos em altura.
O capacete deve ser adequado ao trabalhador, e deve garantir a proteção de sua cabeça.
Neste caso, os trabalhadores que estiverem com capacetes estarão protegidos contra quedas de equipamentos e até mesmo de choques elétricos. Todos devem utilizar.

EPI para trabalhos em altura – Calçados:

Os profissionais da área de segurança também se atentam muito ao tipo de calçado que esses profissionais irão utilizar.
O calçado deve oferecer segurança para evitar cortes ou escorregões. Deve ser resistente e possuir uma sola antiderrapante.
Além disso, precisa oferecer mobilidade. Pois os trabalhadores podem atuar em diferentes tipos de solos (planos ou irregulares).

EPI para trabalhos em altura – Óculos de segurança:

Esses óculos para segurança são especiais, isto porque protegem o profissional de adversidades que prejudicam seus olhos.

Normalmente, os óculos de segurança oferecem proteção contra os raios solares ou qualquer ambiente muito luminoso. Também promovem a segurança em locais onde há radiação e produtos químicos.

Para cada ambiente, o profissional precisa utilizar o óculos adequado. Essa informação é possível obter com o técnico de segurança da empresa.

Principais equipamentos de proteção individual (EPI) para trabalhos em altura – Luvas:

Para os trabalhos em altura o recomendado são as luvas vaqueta. Ela possui maior resistência e por isso é mais indicada.
Sua proteção é especialmente para os profissionais que atuam com cordas, precisam movimentar alguma carga ou mexem com estruturas metálicas.
Essa luva além de proteger as mãos, protegem também os punhos do profissional.

Principais equipamentos de proteção individual (EPI) para trabalhos em altura – Cinturão paraquedista:

Pessoas que trabalham em locais que possui mais de dois metros de altura, precisam fazer uso desse EPI.
O cinturão é feito com diversas fivelas e fitas que servem para prender o profissional quando está sendo suspenso.
A proteção serve para evitar possíveis quedas em ambientes muito altos.
O cinturão envolve todo o trabalhador, promovendo segurança e evitando as lesões também.

Cinturão abdominal:

Em conjunto com o cinturão paraquedista, temos o cinturão abdominal.
Neste EPI vemos o profissional sendo envolvido por toda a sua cintura. O cinturão também possui ajustes para se manter preso no corpo do trabalhador.

É recomendado o uso para locais acima de dois metros de altura e é de uso obrigatório para todos que atuam nesses locais.

Principais equipamentos de proteção individual (EPI) para trabalhos em altura – Cinto porta-objetos:

Para aqueles que vão subir para realizar algum trabalho, é necessário andar com esse tipo de cinto.
Dessa maneira, as mãos do trabalhador estarão livres para que ele possa movimentar da melhor maneira, e não tenha que se preocupar com os equipamentos.

Também é obrigatório o seu uso durante o trabalho em alturas.
Principais equipamentos de proteção individual (EPI) para trabalhos em altura – Absorvedor de energia:
Caso aconteça uma queda devido a algum imprevisto, existe um equipamento capaz de absorver boa parte do impacto.
Este EPI é conhecido como absorvedor de energia. Trabalhadores que fazem o seu serviço em alturas precisam dele.

O absorvedor de energia tem que atender a normativa 14629.

Principais equipamentos de proteção individual (EPI) para trabalhos em altura – Dispositivo trava-queda:

E para terminar apresentamos o dispositivo trava-queda. Ele serve tanto para trabalhos realizados na horizontal e na vertical.
Em casos onde o profissional venha a sofrer uma queda, seja por desequilíbrio ou tropeço, o dispositivo é acionado e logo o trabalhador fica travado.


Fechar