Você sabe como monitorar os riscos ocupacionais?

riscos ocupacionais

Todo o tipo de trabalho pode provocar algum acidente, mesmo que a lesão seja mínima, isso pode acabar ocorrendo. De qualquer maneira, é preciso tomar sempre muito cuidado com os fatores de risco. Para aqueles que não conhecem muito sobre o assunto, os fatores de riscos ocupacionais são tudo aquilo que pode vir a prejudicar a saúde e bem estar do trabalho.

Isto quer dizer que alguns equipamentos e até mesmo ambientes, podem ser os grandes causadores de acidentes e até mesmo doenças entre os profissionais. Por esse motivo, existem algumas premissas de segurança que devem ser adotadas a fim de reduzir os riscos ocupacionais. Cada modalidade de trabalho possui suas próprias especificações.

Afinal de contas, em cada empresa o trabalhador é exposto a um tipo de risco diferente. Seja devido ao uso de maquinários ou até mesmo a exposição a gases. Seja como for, é importante conhecer mais sobre os riscos ocupacionais e saber como monitorá-los para poder evitar os acidentes.

Sobre os riscos ocupacionais

Segundo a premissa exposta pelo Ministério do Trabalho (MT), os riscos ocupacionais podem ser classificados levando em consideração a sua natureza. Ou seja, cada ambiente pode provocar um fator de risco se considerarmos a parte física, biológica, ambiental, ergonômica e química.

Dessa forma, a partir desses pontos, podemos dizer que os riscos ocupacionais são os acidentes ocorridos devido a parte operacional. Isto é, tem ligação a um fator do ambiente ou do comportamento do trabalhador. Enfim, cada um desses riscos ocupacionais que o trabalhador fica exposto é determinado com uma cor. Dessa forma fica mais fácil identificar os problemas e as possíveis tomadas de decisão para a prevenção.

Lista de cores dos riscos ocupacionais e seus significados

Para que você entenda melhor e esteja ciente do que cada cor quer dizer, vamos apresentá-las em uma lista agora abaixo, confira:

● Sinalização verde: quando você se deparar com algum símbolo indicativo de segurança com a cor verde é porque o local possui riscos físicos. Exemplos desses riscos são: ruídos, temperatura, vibrações, pressão e outros;

● Sinalização vermelha: esta cor está relacionada aos riscos ocupacionais causados por fatores químicos. Tais como: vapores, gases, poeiras, ou qualquer outra substância tóxica ou química que possa prejudicar a saúde do trabalhador;

● Sinalização marrom: no local que houver este tipo de sinalização, é porque há riscos biológicos, fungos, bactérias, vírus, entre outros;

● Sinalização amarela: locais onde o trabalhador possa sofrer problemas ou acidentes devido a um esforço excessivo, repetição nas atividades, ou qualquer outro tipo de risco ergonômico é sinalizado com essa cor;

● Sinalização azul: neste último grupo encontramos os riscos ocupacionais causados pela falta de manutenção dos equipamentos ou quando o trabalhador vai exercer suas atividades, sem a devida proteção. São os riscos físicos.

Como evitar os riscos ocupacionais

A melhor maneira de conseguir prevenir os riscos ocupacionais e garantir a segurança dos profissionais é realizando o monitoramento. Este monitoramento dos riscos ocupacionais devem ser realizados através de duas maneiras: medição e também por meio de uma avaliação quantitativa.

Todas as empresas precisam medir quais e quantos fatores de riscos que existem naquele determinado espaço. É importante conhecer os agentes que provocam os acidentes para poder se prevenir contra eles. Como existem diversos tipos de agentes que influenciam nos acidentes de trabalho, foram criados equipamentos para auxiliar na medição.

Além disso, os profissionais da área de segurança podem realizar uma avaliação quantitativa. A partir da avaliação, os profissionais de segurança podem indicar programas ou treinamentos para evitar acidentes. Por exemplo, encontramos empresas que utilizam os programas da PPRA para falar sobre segurança no trabalho. Entretanto, podemos encontrar outros meios.

Equipamentos para medir os riscos ocupacionais

Como dissemos, é preciso monitorar os riscos ocupacionais. A melhor maneira de fazer isso é utilizando os equipamentos de medição. Caso não os conheça, vamos falar um pouco sobre alguns deles.

Nos ambientes onde encontramos problemas com ruídos, normalmente, os profissionais técnicos da área de segurança utilizam os equipamentos de decibelímetro. Assim, podem identificar a intensidade do barulho em que a pessoa está sendo expostas. Também usam os detectores de gases, para saber como é o ar em determinado ambiente; e medidores de estresse térmico.


Fechar